Total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de março de 2016

SERÁ QUE ISSO PAGOU A PENA?


A exploração do granito em Candeias, a meu ver, deu muito prejuízo para o meio ambiente e também, na área social porque todos nós sabemos que esse tipo de exploração causa prejuízos irreversíveis, afinal trata-se de uma d estruição daquilo que a natureza demorou milhares de anos para construir.
Quem conheceu, antes, a Serra do Bom Jesus e vê-la agora dá tristeza. E jamais, por mais que tenhamos lutado contra essa destruição, a serra será recuperada.

As empresas que exploram esse tipo de negócio são preparadas para fazer um trabalho no sentido de isolar a comunidade contra protestos. Portanto criam-se mitos como se a comunidade houvesse encontrado o caminho da mina. Mas a bem da verdade eles sim, são quem ganham e não investem praticamente nada no município que exploram. E quando a mina seca se afastam.

Com relação à economia eu não vi praticamente nada que esse movimento deixou em Candeias, a não ser sequelas na vida de muita gente após viverem uma economia flutuante. Muitos vieram e voltaram. Outros ficaram sem futuro.
A contribuição para a receita do município , também não aconteceu, a não ser durante a febre do movimento, apenas o de uma economia flutuante. No mais ganharam dinheiro os empresários e outros poucos. E a conta de lucros e perdas ficou com um enorme saldo negativo nesse balanço.
Se fosse incentivada a agricultura com certeza Candeias hoje estaria numa situação muito melhor, tendo em vista o aproveitamento de nossas terras férteis. No entanto o que ficou foi um rastro de destruição da natureza que jamais será recuperada.
Portanto, se alguém não concordar comigo, sou aberto ao debate, quem sabe existem razões que eu não as conheça? Eu, particularmente, não vejo uma Candeias melhor depois da era do granito. Para mim se não piorou, não melhorou nada.

Candeias MG Casos e Acasos
Armando Melo de Castro.

Nenhum comentário: