Total de visualizações de página

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

PARABÉNS COMUNIDADE DOS PIRES (Candeias MG)





A comunidade dos Pires, está dando um exemplo para o povo Candeense, do que seja o exercício do estado de direito democrático.






Nesta segunda feira 26/11/15, um grande grupo de defensores da comunidade dos Pires; pais e mães de família, professoras e alunos, agregados no mesmo objetivo de cobrar os seus direitos, participaram da reunião da Câmara Municipal de Candeias.

Representados na tribuna pelo casal Sr. Tarley e esposa Sra. Adeliane, muito aplaudidos pelo povo presente, foram duros, seguros, expressivos e taxativos nos seus objetivos em defesa de uma causa justa, a favor de uma escola, com risco de prejuízo para aquela comunidade, em virtude da incompetência do Prefeito Municipal.

As demais comunidades do município de Candeias, bem como a região urbana, deveriam seguir o belo exemplo de exercício da Democracia dado pela Comunidade dos Pires a quem temos que registrar um voto de louvor. Se todo o município se espelhasse na Comunidade dos Pires, com certeza estaríamos com o nosso município com outro desempenho.

Durante a fala do casal representante da comunidade, houve um fato relevante quando a Sra. Adeliane, convocou aos senhores vereadores, a ficarem de pé, apenas aqueles que estariam se comprometendo ao apoio da causa em questão; mesmo porque, o apoio politico até ai teria ficado em apenas promessas. Seria sem dúvida a exigência de um apoio moral. E qual deles teve a coragem de ficar assentado?

Isso foi, sem dúvida alguma, uma demonstração da força popular e do grito do povo. A presença marcante de uma comunidade rural ativa e disposta numa reunião da Câmara Municipal de Candeias, para cobrar direitos e promessas não cumpridas, é mais um atestado de incompetência dos políticos de Candeias. O blábláblá dos vereadores já começa a irritar os presentes nas reuniões.

Um prefeito que precisa ficar recebendo indicação da Câmara para podar árvores; para colocar um poste em determinado ponto da cidade; indicação para consertar uma ponte; um mata-burro, e outras “coisinhas” leva-nos a perguntar: o que fazem os secretários do prefeito? Onde eles estão dormindo? 

Essas indicações enviadas pelos vereadores são vergonhosas e demonstram completa incompetência do secretariado. Parece que se não tem dinheiro para as obras essenciais, esses secretários não fazem falta...

Afinal quem está administrando a cidade é o prefeito ou os vereadores? Os vereadores deveriam ter vergonha de fazer certas indicações que estão dentro da ação do executivo, naturalmente dentro da autonomia de secretários.

É muito fácil ficar falando durante todo o mandato que não tem dinheiro. Ora, politica é politica. Corra atrás, juntem-se e vão à Brasília, chorem por lá, se virem, mas existem 30% dos municípios brasileiros que estão bem administrados e corretamente. 

Porque nós candeenses temos que pertencer ao grupo dos maus administradores, preguiçosos, mentirosos, frouxos, irresponsáveis, e descarados?  

O povo candeense votou nesse prefeito que ai está porque ouviu promessas que estão anotadas, promessas proferidas por um candidato inescrupuloso, mentiroso, irresponsável, despreparado, incompetente. E desculpas vergonhosas não são aceitáveis.

Candeias está à mercê de um prefeito inoperante ganhando um salário incompatível com a receita do município. Ele deveria se renunciar porque já provou que não tem moral para ser o prefeito de Candeias, tratando-se de um mentiroso de carteirinha firmada pelas mentiras, as artimanhas, o seu discurso ardiloso da campanha onde foi um corrupto ideológico dos mais banais, prometendo coisas que não cumpriu, não cumpre e não cumprirá. um candidato a prefeito sem escrúpulos e que pensou para mentir; escreveu as mentiras e estudou para burlar a dignidade do povo candeense. E agora querendo comparar o nosso município com outros falidos e piores do que o nosso.

Vereadores que estão vendo a carruagem passar e ficam com bláblábla, com conversa mole. Vereadores que não sabem fazer as coisas acontecerem, sabem  apenas ficar esperando tudo acontecer como milagres, quando deveriam cobrar e fiscalizar o município sob pena de pedir a cassação desse prefeito inoperante. Ainda tiveram foi o descaramento de dar solidariedade ao executivo quando fechou as portas da prefeitura em sinal de protesto. O que mais uma vez prova que são farinha do mesmo saco. Ficar com NÉ E MAIS NÉ, não resolve nada, que tomem uma medida drástica sobre esse prefeito que só sabe falar em falta de dinheiro.

Esse prefeito de Candeias deve estar pensando que aqui em Candeias só tem gente cega, surda e muda. Mas está enganado, veja, portanto, senhores vereadores e Prefeito de Candeias, a comunidade dos Pires mostrou nesta data 16/11/15 que temos gente muito inteligente dentro da nação candeense.

Você que votou nesse prefeito, naturalmente está desapontado. Desapontado, também, deve estar quem votou nesses vereadores que ai estão. Mas lembre-se o POVO DÁ, TOMA E TIRA.

Armando Melo de Castro

Candeias MG Casos e acasos.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

CACHÇA JOÃO CASSIANO. "TREM BÃO"!



Eu não estou aqui propositadamente fazendo a apologia do álcool, mas acho uma hipocrisia; uma ignorância generalizada, aquele que por motivo religioso, seja de qual religião for, fica condenando o álcool como se esse fosse uma invenção do demônio. Condenando, e criticando àqueles que bebem como se fossem pecadores e tivessem extrapolando os princípios celestiais.

Ser abstêmio é uma questão de direito de cada um, agora querer fazer proselitismo sobre a bebida é uma coisa muito diferente, é assinar um atestado de ignorância e faltar com o respeito ao próximo. Afinal Deus nos deu o livre arbítrio; e conselho se fosse tão bom  seria vendido e caro.

À bem da verdade nem a Bíblia Sagrada condena o álcool; pelo contrário, ela estimula o seu uso. Como pode ser visto a recomendação de Paulo a Timóteo em 5,23:

Não continues a beber somente água; usa um pouco de vinho, por causa do teu estômago e das tuas frequentes enfermidades”.

E qual o cristão que não conhece o primeiro milagre de Jesus Cristo, quando numa festa de casamento o vinho acabou e Ele que estava presente como convidado para a festa, atendendo ao pedido de sua mãe, transformou água em vinho? E com a turma já meia “chumbada” Ele fez 600 litros de vinho da melhor qualidade. “João 2.1.11”  

Será que tem alguém ainda com a coragem de dizer que era vinho sem álcool? E como se explica a bebedeira naquela festa de casamento? Jesus, sua mãe e seus discípulos estavam lá. Quem contesta isso? Ai seria o registro do atestado de ignorância, porque não existe vinho sem álcool. Afinal, vinho é sinônimo de álcool e se sem álcool toma outro nome, ou seja, suco ou refrigerante.

Portanto, a pessoa que não gosta; não faz uso de bebida alcoólica, ou se esta lhe faz mal à sua saúde, lembre-se que nem tudo que é ruim para um é ruim para todos. E com certeza, no fundo do seu intento, gostaria de beber, mas não o faz porque é doente; não sabe beber; não confia em si; ou é levado pela conversa dos outros. É muito mais elegante dizer que não gosta de bebidas alcoólicas.

É de todo patente que a Bíblia condena o excesso, mas não só o de bebida alcoólica, e sim de tudo. Todo excesso é prejudicial, principalmente com relação àquilo que ingerimos. Quando eu ouço alguém dizer: “Graças a Deus eu não bebo nada”, vem à minha mente o rifão de Galileu Galilei: “O sábio dúvida, o sensato reflete, e o ignorante afirma”. Trata-se de um ignorante que não sabe refletir e se mete a fazer a apologia do desconhecido e ser juiz de uma causa que não lhe pertence.

Como todo excesso, o álcool é um malefício para a saúde como são os medicamentos que ingerimos em busca da cura de doenças; tanto quanto os alimentos envenenados à venda nas feiras livres; os refrigerantes, os conservantes que acompanham os alimentos industrializados e até água, tomada com exagero, é capaz de matar; e tudo mais que nos entra pela boca, desde que seja usado inadequadamente, poderá nos fazer mal.

O álcool consumido de forma moderada, pelo contrário, é um verdadeiro remédio.  Mas o que é moderado? A ciência releva até 25 gramas, o que quer dizer, duas latinhas de cerveja, dois copos de vinho, ou duas doses de bebidas. Fora disso, você pode ser considerado que bebe pouco ou muito. Portanto, é de se saber que o álcool apesar dos seus malefícios comuns, apresenta, também, o seu lado benéfico à saúde humana, e não é um demônio, como os prosélitos gostam de pregar.

Evidentemente o organismo de cada um responde de forma diferente, até mesmo a uma gota. Como certas doenças como a doença celíaca faz com o consumidor de glúten que não pode sequer ver produtos de farinha de trigo, cevada ou centeio. No entanto toma uma cerveja e toma uma baita de uma dor de barriga, já vai falar que a cerveja tal não presta que lhe fez mal. Mas o que lhe fez mal foi o glúten, presente em toda cerveja. Se come um produto de farinha de trigo, e sente que os intestinos vão sair pela boca, já pensa que é o macarrão ou a pizza que lhe fez mal.  

Hoje, quando entrei no açougue para comprar carne, o Sr. Waldomiro, mostrou-me um belo pedaço de carne de boi, mostrando os dois pelos. E eu logo lhe disse: Levá-lo-ei e vou degustá-lo com uma boa dose de João Cassiano!...

---- Mas o que é João Cassiano Sô Armando?
-----É uma pinga da boa, lá da minha terra...
-----Tô fora sô Armando... Tô fora... Não bebo desse veneno... Na minha casa somos crentes, e crente não mexe com isso, não bebe graças a Deus!

Pensei: Eu também sou crente em Deus, sou católico! Ou o Deus dos outros crentes é diferente? Santa Ignorância! Meu Deus!

Armando Melo de Castro
Candeias MG Casos e Acasos.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

CANDEIAS PRECISA DE VOCÊ!



Meus amigos, se possível leiam esse texto até o fim.

---Nós precisamos ter consciência civil e democrática. Se o nosso país está no caos é porque o povo tem votado com falta de responsabilidade. Tudo começa nos municípios, que elegem vereadores e prefeitos incompetentes, sem representatividade, candidatos sem ideal, totalmente despreparados, acanhados, vexados e sem conhecimento do que seja um cargo eletivo. Pessoas que não têm senso de servir e nem politico. Pensam em comprar votos ou trocar pequenos favores em troca de votos, uma forma incompetente de se eleger.

---E a pessoa humilde, que não tem consciência dos seus direitos não sabe que o voto é o que marca a sua cidadania, é o que lhe faz honrado como brasileiro para participar das decisões do país.

---Portanto, aquele que vende o voto ou o troca por favores ou por dinheiro, é mais do que pobre; é aquele que conforme o Lula disse: vota com o estômago. E são essas pessoas as mais procuradas pelos candidatos incompetentes, e que se julgam donos de um reduto eleitoral onde eles dizem no maior descaramento: ‘O MEU ELEITOR’ como que se aquelas pessoas lhes teriam sido vendidas.

---Isso é triste, e o maior atestado de pobreza que uma pessoa pode dar é vendendo o seu voto, não o fazendo conforme é de direito.
Ainda bem, que existem aqueles que vendem o voto, mas não o entrega. Pelo menos lhe fica com a consciência um pouco mais aliviada. Recebem pela venda e vota em outros. Afinal o voto é secreto...

---Candidato que trata o eleitor de “SEU” está dando um atestado de incompetência, desonestidade e corrupção. Esse está dando provas de que é descarado, despreparado e comete vergonhosamente um crime eleitoral e contra a democracia. São aqueles que não sabem conversar nas esferas superiores; são pobres de conhecimento; míopes da politica e só pensam neles. E para eles o povo que se lasque.

---Estamos atravessando uma crise que assola o país inteiro. Mas eu conheço prefeitos de certas cidades que o município não passa pelo que nós estamos passando em Candeias porque elegeram gente séria, gente que sabe o que está fazendo, e reconhece a importância do cargo para o povo.

---Câmara municipal que se uniu ao prefeito não para ser subserviente e nem farinha do mesmo saco, mas para devolver dinheiro para o Prefeito e dar sugestão do que fazer com o dinheiro que estão economizando. Ao passo que a nossa Câmara está esbanjando, vejam:

---A Câmara Municipal de Candeias pagou aos seus vereadores no período de 08/04/2013 a 10/06/2015, ou seja, 26 meses, apenas em diárias, sem contar salários e outros benefícios, a importância de R$ 204.575,00 (DUZENTOS E QUATRO MIL QUINHENTOS E SETENTA E CINCO REAIS) Isso representa 585 diárias de R$ 350,00 (Trezentos e cinquenta reais cada) o que representa 22,5 diárias por mês. Ou seja, R$ 7.875,00 – Considerando que nesse período tivemos em torno de 28 feriados mais ou menos, e ainda descontando sábados e domingos, quantos dias úteis sobram? E o vereador não fica por conta do município... Subentende-se que os vereadores precisam explicar isso de forma individual para o povo de Candeias, nós que somos os legítimos donos do dinheiro queremos saber. Afinal não somos nem surdos, nem mudos e nem cegos. Portanto quem não deve não tem o que temer. Estaremos aguardando que disponibilizem os relatórios dessas diárias.

---Hoje, segunda feira, como em todas as segundas feiras às 18 horas, tem reunião na Câmara. O povo precisa participar. Afinal se o município está entregue nas mãos de incompetentes, foram nós que os colocamos lá, quando pensávamos que eles iriam gerir com eficiência o patrimônio público, que iriam estar do lado do povo candeense, e não fazendo do município um curral de suas próprias intenções.

---Vamos compartilhar essa ideia de melhorar o nosso município, a nossa cidade. Se continuar como está com esses políticos totalmente despreparados a nossa história vai para o buraco. Vamos convidar os jovens a participar, não só frequentando a câmara, que é a casa do povo, mas também se preparando para se candidatar nas próximas eleições. Precisamos incentivar os jovens. Unidos nós seremos muito fortes e vamos fazer fermentar os resquícios de vontade politica que por ventura estejam encubados nos corações dos candeenses.


Armando Melo de Castro. 

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

CANDEENSES, HONREMOS A NOSSA HISTÓRIA!




----O eleitor precisa saber que o voto é dele para dá-lo a quem ele bem entender de livre e espontânea vontade; sem pressões, sem compromisso, sem ter que dar satisfação a ninguém. Ao eleitor compete analisar e ver o currículo do candidato, se se tem ou não qualidades para exercer um cargo público.

 ----Todo candidato que fica oferecendo favores ou dinheiro em troca de voto é porque não tem competência e só quer ganhar eleição comprando votos, como se estivesse fazendo um investimento. Se alguém está oferecendo algo para conseguir o voto do eleitor, é porque um voto vale muito mais para si.

---- Vamos conhecer a história dos candidatos; vamos votar direito, vamos dar o nosso voto para quem mostre condições de fazer; e não para quem promete e já provou que não cumpre. Não vamos acreditar na conversa mole de candidatos, que estudam como persuadi-lo. Vamos sentir de perto a sua competência, o seu currículo escolar, o seu discurso se é leal ou demagogo. Não vamos acreditar em conversa de televisão, rádio, carros de som, faixas, nada disso prova que a pessoa é boa para ser candidato. O que prova é saber se é honesta, correta, competente, preparada e o principal: SE TEM VERGONHA NA CARA.

---Fujamos dos cabos eleitorais, principalmente dos cabos eleitorais candidatos à reeleição. Isso porque os candidatos a deputado que aparecem somente em épocas de eleições, trazem dinheiro e muito dinheiro. Eles não vêm de mãos abanando. Os cabos eleitorais ganham e muito com o nosso voto. E daí eles eleitos deputados somem, porque não foram eles que pediram para votarmos neles. Portanto, não devemos mais acreditar em promessas. São todos mentirosos e é por isso que o nosso país está nesta crise. As pessoas acreditam nesses demagogos.

 E se aparecem, vêm na calada da noite, untar os seus cabos eleitorais, fazendo ceias reservadas em pontos ocultos. É assim que eles se comportam. Eu tive uma atividade profissional que me deu a oportunidade de conhecer esse meio, onde ludibriam os eleitores. Onde cabos eleitorais, candidatos municipais, principalmente candidatos à reeleição, prometem aos ricos candidatos o nosso votinho, não em troca de benefícios para o município, mas para eles, que só pensam neles.

----Sabemos que entre os políticos despreparados, incompetentes, e que não possuem prestígio através do conhecimento e ou da dignidade eleitoral, buscam ganhar uma eleição através da persecução. E o que é isso?

 ----É o mesmo que ficar puxando o saco de um eleitor, dando-lhe presentinhos, emprestando carros, receitas médicas, óculos e até dinheiro, como forma de adulação, para na hora da eleição ir pedir o voto, até mesmo buscar o voto.

 ----O eleitor precisa saber que o voto é dele para quem ele desejar dá-lo. É de livre e espontânea vontade, sem pressões, sem compromisso, sem ter que dar satisfação a ninguém. A ele compete analisar e ver quem trabalha. Esse direito de escolha já é motivado pelo voto secreto. O voto é secreto para que nós eleitores possamos votar com a nossa consciência. Sabe-se que muita gente vende o voto e vota em outro candidato.

----E aquela pessoa que recebe essas engambelações, que normalmente são pessoas simples e humildes, acaba cedendo e votando sem saber que tanto o que oferece quanto o que recebe estão cometendo crime eleitoral. Isso é proibido por lei tendo em vista ser um tipo de corrupção. Aquele que diz, o “meu eleitor”, ou seja, que sabe quem são os seus eleitores, normalmente é um desses incompetentes que vivem pervertendo eleitores, preferencialmente pessoas humildes que não conhecem a força do voto, e que não sabem que, também, estão cometendo um crime.

 ----Esses corruptores ideológicos e incompetentes que não têm como ganhar uma eleição com dignidade gostam de dar a impressão de que estão prestando um serviço de interesse público, quando que estão olhando apenas o seu lado.

-----Portanto, é importante que quando for receber alguma ajuda de politico, que seja feita de forma oficial, ou seja, através da prefeitura, especialmente carros. Que sejam carros oficiais da prefeitura. E não em carrinhos particulares que o politico deixa disponível como forma de prestar serviço ao eleitor que ele julga que o voto deste é uma propriedade sua, o que, a bem da verdade, trata-se de uma prerrogativa exclusiva que a constituição dá ao eleitor para dar aos competentes, aos honestos, aos que pensam no município, no Estado e no Brasil. 

----Só de oferecer vantagem em troca de voto já estará o politico cometendo crime eleitoral, senão vejam:

----Art. 299. Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita:

----Pena de reclusão até quatro anos e pagamento de cinco a quinze dias-multa.

----Para quem vende o voto a pena é a mesma. E a venda do voto não caracteriza apenas com dinheiro não. Esses favorzinhos que o eleitor está sempre recebendo do candidato podem ser levados a cabo. E os candidatos que gostam de ganhar eleição com esse tipo de trabalho eleitoral, tenta convencer os eleitores, que os chamam de “MEUS”, que nós o povo de Candeias, somos, CEGOS, SURDOS E MUDOS.

MAS NÃO SOMOS,

Armando Melo de Castro.
Candeias MG Casos e Acasos