Total de visualizações de página

terça-feira, 2 de junho de 2009

MAESTRO SILVIO BARBATO

Maestro Silvio Barbato.
 Conheci o maestro Silvio Barbato quando este era uma criança e era pajeado juntamente com uma de suas irmãs pelas suas babás, uma delas prima de minha mãe, chamada Nica; e a outra, Francisca, filha do Zé Pega Pão, e sua esposa Lourdes. Elas ficavam ali na praça frente à Casa Celestino Bonaccorsi, pajeando essas crianças.

Seus pais, Dr. Daniel Barbato e Dra. Rosalba Bonaccorsi Barbato. Ambos eram médicos aqui em Candeias. Para cá vieram ainda recem formados. Dr. Daniel, Já falecido, foi também professor de história no Ginásio de Candeias, oportunidade em que fui seu aluno. Faleceu em Brasília, vitima de um infarto fulminante, na década de 90, quando era professor na Universidade de Brasília.
Foi ele quem iniciou a construção da casa, hoje do Wandinho Bonaccorsi, primo da Dra. Rosalba.
Com a sua volta repentina para o Rio de Janeiro, Dr. Daniel vendeu a casa inacabada para o Wandinho que terminou a sua construção.
O Maestro Silvio Bonaccorsi Barbato, nasceu aqui em Candeias.
Em virtude de Candeias não possuir hospital naquela época, sua mãe Rosalba, foi ter o parto em Campo Belo. Aliás , isso era uma prática comum aqui em Candeias entre os mais aquinhoados.

Eram três os filhos do casal Bonaccorsi Barbato:

--Silviane Bonaccorsi Barbato, psicóloga de renome, com diversos cursos no Brasil e no exterior; professora universitária, residente em Brasília.
 

--Sandra Bonaccorsi Barbato, diplomada em engenharia; residente também em Brasília.
 

--Sílvio Sérgio Bonaccorsi Barbato, residente no Rio de janeiro, formado na Universidade de Chicago; maestro da Orquestra Sinfônica do Brasil, professor, doutor em filosofia, compositor clássico; maestro do Teatro Municipal do Rio de Janeiro; e dono de um currículo extenso e admirável. Foi o mais jovem maestro de uma orquestra sinfônica.

Por ocasião da morte do maestro, tive um contato com as suas irmãs, em Brasília, através da internet, onde eu quis saber do pai delas e fui informado de que havia falecido. Na oportunidade Sandra se me revelou a mágoa que a família Barbato levou de Candeias, tendo em vista uma agressão física que seu pai teria tido aqui, por motivos inexplicáveis para os filhos.

Dra. Rosalba neta de Celestino Bonaccorsi, filha de Silvio Bonaccorsi e Dona Alvarina Bonaccorsi, irmã do nosso querido Américo Bonaccorsi, então tio tio-avô do Maestro Silvio Barbato.

Silvio Barbato estava no avião francês que caiu nesta madrugada do dia 01 de junho de 2009.
É uma pena! A musica brasileira perde com a morte de Silvio Barbato, grande parte do seu patrimônio; pois ele era muito jovem e ainda tinha muito para proporcionar ao seu país.

Veja parte do seu currículo:
Maestro Silvio Barbato - Diretor Musical e Regente Titular da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro em Brasília e Regente Titular da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Silvio Barbato estudou composição e regência com Claudio Santoro.
No Conservatório Giuseppe Verdi, em Milão, recebeu o Diploma de Alta Composição na classe de Azio Corghi. Ainda na Itália freqüentou a classe de Franco Ferrara, colaborando com o maestro Romano Gandolfi no Teatro Alla Scala. Em Chicago, realizou seu PhD em Ópera Italiana sob a orientação de Philip Gossett.No Teatro Nacional Claudio Santoro está na sua nona temporada como Diretor Musical. Com a Orquestra do Teatro regeu concertos em Roma (Piazza Navona), Lisboa (Mosteiro dos Jerônimos), nos Teatros Municipais de São Paulo e do Rio de Janeiro e em diversas capitais brasileiras. Suas gravações com a Orquestra incluem as Sinfonias Brasil – 500 Anos e os Clássicos do Samba, com Jamelão, Ivone Lara e Martinho da Vila.
 

Entre seus trabalhos com artistas internacionais, destacam-se: Aprile Millo, Montserrat Caballé, e Roberto Alagna e Angela Gheorghiu. No centenário de Carlos Gomes, a convite de Placido Domingo, foi o curador da ópera “O Guarani”, que abriu a temporada da Washington Opera. Diretor musical do filme “Villa Lobos, Uma Vida de Paixão”, foi premiado com o “Grande Prêmio Brasil de Cinema 2001” , na categoria de melhor trilha musical. Em 2003 compôs o balé “Terra Brasilis” que se apresentará, ainda em 2004, na Itália.Pelo trabalho que vem realizando na área cultural, Silvio Barbato recebeu inúmeras condecorações do governo brasileiro, tendo sido promovido ao grau de Comendador da Ordem do Rio Branco, além de ter recebido a Medalha do Mérito Cultural da Presidência da República.
 

O maestro tinha vários compromisso internacionais quando então faleceu.

Obs.: As notas em itálico foram extraidas da  Internet.

Armando Melo de Castro
Candeias MG Casos e Acasos

5 comentários:

Raquel Joazeiro de disse...

Armando , preciso fazer contato com Silviane ou Sandra, somos amigos do Leme e o ultimo telefone que tenho do Silvio esetá com outra pessoa há 1 ano. Vc poderia me dar o email das meninas. Atenciosamente, Raquel Abreu

Maria Inés de la Quintana B. Bandeira disse...

Armando, adorei o resumo da vida da Familia Barbato. Sou amiga de Sandra, fizemos um semestre de faculdade no Rio juntas e não foi engenharia e sim Arquitetura.
Estive em Brasilia por volta de um ano atras tentando fazer contato com ela e não consegui, poderias me enviar seu e-mail ou telefone para que possa revê-la?
Estarei passando por Brasilia em meados de julho e gostaria de visitá-la e dar minhas condolencias pessoalmente.
Conheci a familia toda, eramos novos, estavamos saindo da adolescencia e me apaixonei pelo "tio Daniel", pedi autorização dele para chamá-lo assim, isso foi em 1979, nosso primeiro semestre de faculdade. Sandra retornou no semestre seguinte para casa em Brasilia e terminou o curso por lá, mas ficamos amigas desde então. A vida nos afasta por períodos e estou aqui agora tentando retomar a amizade. Agradeço sua ajuda de antemão.
Maria Inés de la Quintana Bruggemann Bandeira

Armando Melo de Castro disse...

Raquel e Maria Inês por favor me enviem um e-mail para que possa responder seu pedido.
Blogdoarmando@gmail.com

Dada disse...

Armando, desejaria muito ter o email de Dra. Rosalba para entrar em contato com ela, pois estudamos juntas em Lavras e ela mudou-se de Candeias e terminou seus estudos fora.Agradeço-lhe muito por ajudar-me. Dâmina

Anônimo disse...

Armando, fui colega da Rosalba em Lavras e gostaria de ter o seu email, se puder me ajudar agradeço muito.
Leila (cesarpomarico@yahoo.com.br)