Total de visualizações de página

domingo, 12 de janeiro de 2014

POLITICOS, A VERGONHA DO BRASIL!


Eu sinto alimentar dentro de mim o instinto de um leão faminto diante da sua presa, quando vejo o rosto de um membro do mensalão navegando pela mídia. Eu sinto dentro de mim a vontade de me comportar como o homem da pedra ao ver, na minha televisão, o Congresso Nacional do meu país reunido. Eu me sinto como uma cascavel incitada quando ouço promessas de políticos.

Mas, eu quero sentir tudo isso. Não me importa se isso me faz bem ou mal, pelo menos eu estarei fluidificando esses malditos bandidos, que roubam o dinheiro público destinado à saúde, educação, ou seja, destinado à vida do pobre trabalhador brasileiro. A palavra político virou sinônimo de corrupção, roubalheira, desonestidade e tudo mais que infesta uma sociedade.

Agora sejamos honestos: O povo brasileiro tem muita culpa de ter que conviver com uma situação dessas. Ninguém escreve para o politico que ganhou o seu voto, cobrando-lhe alguma coisa. Vota e pronto deixa pra lá. Os políticos não são donos do país. No entanto, se acham. Eles têm apenas poder oriundo do voto que recebeu de cada eleitor por um determinado tempo. Votar num ficha suja é o mesmo que permitir um empregado ladrão trabalhando na sua empresa.

 O que o povo deve fazer é aprender a votar. É votar consciente do que está fazendo. É não reeleger ninguém. Acabar com essa maminha de deixar o cara lá durante anos. Isso porque quanto mais tempo um politico permanece no poder mais corrupto ele fica. Sabendo que a sociedade brasileira é tolerável eles vão só aprontando. 

Todo homem tem um preço.
Semana passada, por exemplo, o Presidente do Senado Renan Calhaheiros, que já esteve envolvido antes com acusações de corrupção, teve que devolver aos cofres públicos quase 30 mil reais pelo uso indevido de um avião da FAB. O gostozão do Senado foi ao Pernambuco fazer implante de cabelo, naturalmente para se enfeitar para as suas “Monicas Velosos”. Como alguém denunciou ele devolveu. Agora não bastaria apenas devolver o dinheiro. Ele cometeu um crime pelo qual fica dispensado pelo simples fato de devolver o dinheiro. E se ninguém tivesse denunciado? E o que ninguém fica sabendo? 

Se você tem um empregado que lhe rouba, você quer o produto do roubo de volta e o dispensa dos seus serviços. Estamos cansados de ver políticos envolvidos e sendo reeleitos. Nesse caso a culpa é do eleitor, ignorante, incompetente, corrupto também.
Eu gostaria de saber se os bandidos do mensalão vão devolver o dinheiro que roubaram ou se o Juiz ladrão, Lalau devolveu. A bagunça que se forma em torno da corrupção é tão grande que quem acaba levando é o povo dono do dinheiro.

O povo brasileiro vitima dos altos impostos, precisa de programas sociais consistentes, e não dessa palhaçada de bolsas disso e bolsa daquilo. Isso só presta para fomentar a vagabundagem. É hora de parar com esse paternalismo vulgar com cotas para os negros e bolsas para os pobres. Ninguém vai melhorar de vida recebendo esses tipos de favores. Aqueles que recebem esses benefícios são vitimas do populismo podre de governos que não analisam o futuro do povo, mas, sim, o seu futuro político. O povo precisa é do fim da corrupção. É de programas sociais consistentes; é de governo honesto. É de saúde e educação.

Os deputados se não forem parecem filhos da puta. Haja vista o nome de-PUTA-do. Eles vão aos municípios e corrompem os prefeitos e os vereadores também. É como se fosse uma praga. O povo tem que parar de votar em ladrão cevado. Largar de acreditar em propaganda política. São só mentiras e falsas promessas.

Eleitores corruptos, também, deveriam ser processados. Mas, quem faz as leis são outros corruptos que os poupam para engana-los. Aquele que vende o seu voto é tão digno de cadeia quanto o que compra.

Não adianta ficar por ai falando do Lula, da Dilma, do Fernando Henrique, do PT, do PMDB, do PSDB e não sei mais o quê. A gente tem é que pensar na hora de votar. Ficar batendo boca depois que eles estão no poder não adianta nada. Gritar e quebrar como foi feito recentemente, é pior ainda. O que ficou resolvido? Quase nada. Eles não têm vergonha na cara. São todos uns descarados, parece que não tem sentimento.
Esses bandidos que vivem assaltando trabalhadores a mão armada causam em mim uma emoção desastrosa. Por que esses bandidos “pé rapado” não se mudam todos para Brasília? Lá terão colegas ricos e cheios da grana. Brasília é a sede nacional dos ladrões brasileiros.

Eu quero dar uma sugestão: vamos parar de ficar falando de quem está no poder. Nós estaremos com isso promovendo os nomes desses bandidos. Vamos, sim, dar a nossa contribuição pedindo aos nossos irmãos de nação que não se vendem através do voto. Que não reelegem ninguém, e excluam “os fichas” sujas da sua agenda.

Eu amo o meu país, mas odeio os seus políticos. Não por serem incompetentes, mas, por serem ladrões. Odeio, também, os que não roubam, mas, apoiam a quem o faz.

Armando Melo de Castro - Facebook
Candeias MG Casos e Acasos










Nenhum comentário: